Apneia

Sobre

Apneia do sono é o distúrbio em que o paciente sofre breves e repetidas interrupções da respiração enquanto dorme. É um problema sério provocado por obstruções transitórias da passagem do ar pela faringe e que leva ao risco de morte, principalmente em graus mais severos.

Os sintomas mais comuns são:

  • ronco alto e intenso;
  • sonolência;
  • sensação de noite mal dormida;
  • sono agitado;
  • engasgos noturnos;
  • cansaço constante;
  • dificuldade de concentração;
  • dor de cabeça pela manhã;
  • irritabilidade.

Diagnóstico da Apneia

A princípio, o paciente passa por um diagnóstico que inclui exames, como a polissonografia. O objetivo é testar os potenciais elétricos da atividade cerebral, os batimentos cardíacos, os movimentos dos olhos, a atividade muscular, o esforço respiratório, a saturação de oxigênio no sangue e o movimento das pernas durante o sono.

Para auxiliar a solução do problema em casos de apneia leve a moderada é recomendado o uso de um aparelho intraoral que promove o avanço da mandíbula, aumentando o espaço para a passagem do ar. É uma alternativa para pacientes que não aceitam o CEPAP, um equipamento semelhante a uma máscara de oxigênio, como um compressor de ar, que fornece um fluxo de ar aos pulmões do paciente de maneira contínua, por meio de uma máscara facial.

O paciente utiliza o aparelho para dormir.

Indicação

Pacientes com diagnóstico de apneia em grau leve ou moderado, que apresentam dificuldade de dormir, ronco alto e que costumam acordar com sensação de sufocamento, refluxo esofágico, boca seca, espasmo da laringe e cansaço durante o dia preparation h article.